Gestão de Risco Jurídico: como ajuda a empresa?

Gestão de Risco Jurídico: como ajuda a empresa?
Tempo de leitura: 4 minutos

Sabe-se que a sobrevivência do empresário no Brasil se dá com base em muita persistência e resiliência. Fatores como economia incerta, burocracia intensa, crise política e tributação exorbitante são capazes de desestabilizar a fluência de qualquer investimento.

Empresas hoje consolidadas no mercado geralmente possuem histórico de inúmeras situações adversas. Por vezes, essas situações colocaram em risco o futuro do empreendimento. Se permanecem até hoje, certamente é porque seu gestor soube conduzir tais situações, sejam elas de qual natureza forem.

É claro que, em alguns casos, não se pode atribuir a culpa exclusivamente à administração da empresa. Casos fortuitos ou de força maior também estão entre os motivos pelos quais uma empresa não alcança sucesso, muito embora a gestão de prevenção ainda seja tão recomendada em razão dos seus resultados positivos.

Muitas dessas empresas buscam suporte jurídico apenas quando precisam tomar alguma ação legal ou defender-se em um processo. Pensando de forma preventiva, advogados e escritórios de advocacia passaram a disponibilizar serviço de gestão de risco jurídico.

O setor de gestão de risco jurídico deveria ser um setor fixo de qualquer pequena, média e grande empresa, pois praticamente todas as atividades do empreendimento dependem de consultoria de um profissional qualificado.

Assinatura de contratos, relacionamento com clientes e fornecedores, questões trabalhistas e gerenciamento de projetos são apenas algumas das situações que precisam ser feitas sob supervisão profissional em gestão de risco jurídico. Todas elas dependem de regras definidas em Leis.

Se sua empresa ainda não possui o serviço de gestão de risco jurídico, continue a leitura deste artigo. Saiba mais sobre o porquê deste investimento ser tão importante e como ele vai ajudar no desenvolvimento seguro do seu negócio.

O que é gestão de risco jurídico?

Tão importante para qualquer que seja o porte do empreendimento, a gestão de risco jurídico é uma ferramenta utilizada principalmente pelas grandes empresas para a otimização dos seus processos de atuação e para prevenção de complicações de diversas naturezas.

Seu objetivo é fazer uma análise prévia de todas as possibilidades legais as quais a empresa estará exposta com as tomadas de decisões. Isso inclui, principalmente, enquadrar todas as atividades do planejamento estratégico dentro do que é legalmente permitido.

vantagens da gestão de risco jurídico

A gestão de risco jurídico serve justamente para evitar que alguma pequena falha, ainda que não intencional, coloque em risco o funcionamento do todo e gere prejuízos incalculáveis. Ela oferece o suporte necessário para que haja regularidade no cumprimento das obrigações e para que seja, cada vez mais, aumentada e otimizada a geração de capital do negócio.

Como a gestão de risco jurídico pode ajudar na sua empresa?

Não há dúvidas quanto à necessidade e eficácia de uma gestão de risco jurídico dentro de qualquer empresa. Veja, abaixo, alguns dos motivos mais relevantes para se investir nessa estratégia de administração:

Política de prevenção

Esta é, certamente, a principal vantagem proporcionada pela gestão de risco jurídico. Enquanto muitos procuram os serviços de um advogado somente quando o problema surge, os mais preparados e consequentemente os que apresentam melhores resultados investem previamente em assessoria para que evite o problema.

Na contramão da ideia de estar arcando com um valor muito elevado para se manter uma equipe de gestão de risco jurídico, existe evidências quando à funcionalidade desse investimento. Sua eficiência está em manter todos os procedimentos da empresa devidamente alinhados com as Leis existentes. Com isso, evitar ser surpreendido com multas e demais penalidades que podem chegar a valores exorbitantes.

Valorização da empresa

Nenhuma empresa cresce sozinha: ela precisa do envolvimento constante de clientes, fornecedores e colaboradores. Esses últimos são extremamente valiosos, tendo em vista seu papel de atuação direta na promoção de resultados satisfatórios para toda a corporação.

Sendo assim, sabendo que o ambiente de trabalho está amparado por uma gestão de risco jurídico, a tendência é que toda a equipe entenda o esforço da administração em estar constantemente alinhada com as regras previstas em lei e trabalhe com uma motivação maior que, consequentemente, gera melhores resultados.

Destaque no mercado

Uma empresa que conta com gestão de risco jurídico deve divulgar a existência dessa ferramenta. Isto serve para destacar um importante diferencial perante os concorrentes. Clientes e fornecedores tendem a priorizar a marca que atua dentro de todas as exigências. Assim aumentam as chances de sobressair-se no mercado e alcançar patamares mais elevados de sucesso.

Melhora na logística

Não é muito útil que o administrador de uma grande empresa se preocupe com todos os mínimos detalhes do seu empreendimento. Ele deve delegar funções para equipes, principalmente se envolver o conhecimento técnico de alguma matéria específica.

É o caso da gestão de risco jurídico, que é um assunto talvez complexo para muitas pessoas e que depende diretamente da atuação de um profissional devidamente qualificado.

Deseja saber mais, entre em contato com nossa equipe. Tire suas dúvidas sobre gestão de risco jurídico ou assine gratuitamente nossa newsletter para receber novidades e atualização de conteúdo.

 

Comentários